Nota de Esclarecimento e Repúdio M4


Em defesa da liberdade de gerar negócios e votar de acordo com nossas escolhas

Recentemente, os meios de comunicação divulgaram repasses de campanha política do candidato e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para uma Agência de Marketing com sede no Bairro Pinheiros, na cidade de São Paulo e escritório e negócios no Estado da Bahia. Essa empresa possui o mesmo nome da nossa Agência M4. Desde então, nossa empresa, a nossa M4, que jamais fez negócios com esse partido, e neste pleito com nenhum, tem sofrido vários atos de hostilidade por parte de eleitores contrários ao Lula, como se fôssemos essa empresa. Avaliações fake, telefonemas, mensagens via WhatsApp e site, foram os contatos feitos por esses partidários, recheados de discurso de ódio e intolerância. Queremos registrar aqui a fraca ação do Google em coibir isso em seus serviços.

Longe da ideologia política e mérito das reportagens

Não entrando no mérito ideológico político, tampouco se o referido candidato e agência praticaram atos ilícitos ou não, um dos princípios básicos do jornalismo, do combate às fake News e na construção de uma sociedade sadia é a boa apuração. A partir desse ponto, se cada pessoa apurasse uma informação antes de passar a frente, não estaríamos passando por um período de tanta violência e de intolerância como acompanhamos todos os dias nos noticiários e nas ruas.


Não somos a referida empresa das reportagens

É nítida a diferença entre essa empresa que fez negócios com o PT e a nossa M4. Essa empresa citada nas reportagens foi aberta esse ano, nós temos mais de 25 anos de caminhada. A outra agência tem sede na cidade de São Paulo, a nossa em Santo André. A outra, com base nas reportagens, é especializada em Marketing Político, a nossa em Micro, Pequeno e Médio Empreendedores e Empresas.


Pesquisando de forma básica o Google, encontramos várias M4 no ramo de comunicação, marketing e propaganda. O que podemos garantir é que não somos a mesma que faz campanha para o Partido dos Trabalhadores.


O respeito pelo diferente

Por outro lado, novamente, não entrando no mérito de licitude ou não das transações expostas nas reportagens, empresas de qualquer setor existem para atender clientes pois precisam vender seus produtos e serviços para sobreviver.


Prestar um serviço ou vender produto para A, B ou C cliente é direito de qualquer empresa, empreendedor, profissional. Isso é garantido pelas leis do país. Da mesma forma, qualquer cidadão tem direito de escolher A, B ou C candidato para representá-lo no poder executivo ou legislativo na esfera municipal, estadual ou federal.


Opiniões contrárias devem ser respeitadas em nossa democracia. Autoridade é construída por atitude, ações e não por uso de força, violência. Isso é tirania.


Vivemos tempos difíceis.

Voto consciente

Aproveitando o fato ocorrido com a nossa M4, pedimos a todos os cidadãos que pensem nas consequências do seu voto. Estamos próximos do 1º Turno das Eleições 2022 onde escolheremos nosso próximo Governador e Presidente, nossos Senadores, Deputados Estaduais e Federais. O direito ao voto decide nosso futuro a curto, médio e longo prazo. Não joguemos fora esse direito conquistado.


Somos livres para decidirmos em quem votar e defender nossas ideias, desde que, respeitemos quem pensa diferente.


Agência M4 Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

2.467 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo